Tecnologias sociais para uma sociedade em rede

A #redelivre é uma articulação entre pessoas e coletivos, hackers e quilombolas, índios e artistas com o objetivo de quebrar o paradigma de que desenvolvimento de software é coisa para especialistas, e ousando conectar estes diversos atores da sociedade para construir coletivamente soluções digitais de alta demanda social.

O impacto da rede

Campanhas, iniciativas sociais e culturais, projetos e pessoas. No Brasil e na América Latina

  • 7 países
  • 40 cidades
  • 280 projetos
  • 4k usuários

Serviços desenvolvidos

Tecnologias sociais para uma sociedade em rede

Websites

Crie, desenvolva e compartilhe suas iniciativas através de um website ou blog

Envio de email e SMS

Envie de forma rápida e fácil emails ou mensagens de celular para seus contatos

Participação social

Utilize ferramentas para tomada de decisão coletiva, consultas públicas e metodologias de colaboração

Financiamento online

Financie coletivamente o sua organização ou projeto através do seu próprio site

Mapas colaborativos

Crie facilmente mapas colaborativos para sua rede, projetos ou qualquer iniciativa

Formação

Participe das atividades de formação práticas e teóricas sobre softwares e metodologias livres

Desenvolvimento em rede

Diagnosticar e sistematizar demandas, especificar tecnologias, definir prioridades, desenvolver, testar e implementar soluções de forma aberta e colaborativa, disponibilizando softwares livres que fortalecam movimentos e organizações culturais e sociais

Abertura

Todas as tecnologias são desenvolvidas integralmente em ambiente aberto e colaborativo, usando o GitHub. Com uma comunidade com mais de 10 milhões de pessoas e 25 milhões de projetos, o GitHub permite hospedar, criar e contribuir com ferramentas de código aberto.

Liberdade

Os projetos da #redelivre estão disponíveis para adaptação, cópia e uso indiscriminado, e em cada um deles é possível informar erros, fazer perguntas, dar sugestões e discutir futuras funcionalidades. Desenvolvedores podem enviar melhorias de código que, depois de avaliadas pela comunidade, podem se tornar parte daquele projeto.

Comunicação

A #redelivre também utiliza o Gitter, uma ferramenta de conversa em tempo real integrada ao GitHub, como canal de discussão sobre questões de desenvolvimento. Cada projeto pode ter seu canal de comunicação para trocas de ideias específicas.

Financiamento

A redelivre é mantida por aqueles que querem sua existência

Toda tecnologia desenvolvida é livre e gratuita. As pessoas e as organizações que possuem condição de colaborar com os custos o fazem para que aquelas que não tem estrutura financeira tenham também a oportunidade de usar as tecnologias criadas. Hoje são mais de 40 financiadores. É assim que a redelivre evolui.